Uruguaios provocam torcedores da Chapecoense com gestos de avião caindo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp


Um fato lamentável marcou a derrota da Chapecoense por 1 a 0 para o Nacional (Uruguai), na última quarta-feira (31), na Arena Condá, pela pré-Libertadores. Torcedores do clube uruguaio presentes no estádio imitaram um avião caindo, em alusão à tragédia do final de 2016, na qual 71 das 77 pessoas a bordo morreram. As imagens rapidamente viralizaram nas redes sociais e chocaram os torcedores ao redor do continente sul-americano.

Em resposta, alguns torcedores da Chape vandalizaram carros de alguns uruguaios, segundo relatos dos visitantes. Pelo Twitter, membros da torcida do Nacional se desculparam e lamentaram as provovações dos coirmãos. Na tragédia, 19 jogadores, comissão técnica, jornalistas e comissários de bordo morreram após o avião da empresa LaMia cair, na Colômbia, quando o time alviverde viajava para enfrentar o Atlético Nacional, pela final da Copa Sul-Americana.

Do elenco do clube catarinense, sobreviveram apenas o goleiro Jackson Follmann, que teve parte de uma das pernas amputada, o zagueiro Neto, e o lateral Alan Ruschel, o único que conseguiu voltar a atuar profissionalmente até o momento. Outro sobrevivente brasileiro foi o jornalista Rafael Henzel. Os comissários Ximena Soares e Erwim Tumiri também conseguiram se salvar do acidente.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com