João Amoêdo desiste de candidatura à Presidência e diz que falta unidade no Novo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Duas semanas após ter aceitado o convite do Novo para ser candidato à Presidência em 2022, João Amoêdo volta atrás da decisão e desistir de concorrer na eleição. Para ele, falta unidade dentro do partido.

O fundador da legenda, que é um forte crítico do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), tem encontrado resistência de algumas alas dentro do Novo que são ligadas ao chefe do Executivo nacional. Apesar de não mencionar os simpatizantes de Bolsonaro diretamente, Amoêdo critica a “ausência de um posicionamento transparente” do partido.

“Após avaliar os acontecimentos subsequentes ao anúncio da minha candidatura, decidi declinar ao convite anteriormente recebido. Na minha avaliação, a ausência de um posicionamento transparente, firme e célere da instituição, neste processo, demonstrou a falta de unidade do Novo quanto ao propósito para 2022”, afirmou Amoêdo nas redes sociais.

Em nota, o partido agradeceu “todo o inestimável esforço de João Amoêdo, que se dedica há mais de uma década para a construção e consolidação do Novo” e que seguirá “trabalhando na construção de uma alternativa ao bolsopetismo para 2022”.

O presidente nacional do Novo, Eduardo Ribeiro, contou nas redes sociais que tentou convencer Amoêdo de não desistir da candidatura, mas “a decisão já era definitiva”.

“Lamento profundamente a desistência de João Amoêdo em nos representar como pré-candidato à presidência. Pedi a ele que reconsiderasse, mas a decisão já era definitiva. Continuaremos firmes cumprindo nosso papel na construção de uma via que nos livre de Lula e Bolsonaro”, disse.

Fonte: Bahia.ba

Recôncavo Web Tv, inscreva-se!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Últimas

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com