Ex-presidente Dilma Rousseff afirma ter recusado convite de Dória para ser vacinada

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) afirmou que recusou o convite do governador de São Paulo, João Dória (PSBD), para ser vacinada com a CoronaVac no dia 25 de janeiro, em Porto Alegre. “Agradeço, mas, diante das circunstâncias, tenho o dever de recusar a oferta, por razões éticas e de justiça”, escreveu em publicação nas redes sociais.

“O Plano Nacional de Vacinação deve ser respeitado e, se é certo que a vacinação já começou, não há montante de vacinas disponível para que eu, agora, seja beneficiada. É inaceitável ‘furar a fila’, que deve ser estritamente respeitada por todos os brasileiros”, continuou.

Dilma destacou, ainda, a importância ao SUS, Instituto Butantan e Fiocruz, e criticou quem tenta “destruí-los, seja por restrição de recursos orçamentários, seja por visão preconceituosa, como ficou claro na saída dos médicos cubanos, seja por defender propostas privatistas”.

Fonte: Aratu On

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com