Caso Atakarejo: Traficante responsável por descartar corpos de tio e sobrinho é preso em Salvador

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

O homem apontado pela polícia como traficante responsável por descartar os corpos de Bruno Barros e Yan Barros, após serem detidos furtando carne no supermercado Atakarejo, foi preso no Nordeste de Amaralina, em Salvador.

A prisão foi realizada nesta quarta-feira (30/6) durante a 2ª fase da Operação Retomada, coordenada pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

O suspeito, que não teve a identidade revelada por conta da Lei de Abuso de Autoridade, já possuía um outro mandado de prisão em aberto. Ele teria descartado os corpos de tio e sobrinho no dia 26 de abril, na região da Polêmica. As vítimas foram colocadas no porta-malas de um carro, modelo I30, com registro de roubo. 

“A participação e a atuação de cada envolvido na execução e principalmente do mandante do crime foram os principais avanços desta fase da investigação”, afirmou a diretora do DHPP, Andréa Ribeiro.

A titular da 1ª Delegacia de Homicídios (DH/Atlântico), Zaira Pimentel, ressaltou que as ações de inteligência foram fundamentais para que a polícia encontra-se mais um autor do duplo homicídio.

CASO

Os corpos de Bruno, 29 anos, e Ian, 19, foram encontrados no dia 26 de abril, com marcas de tortura e de tiros. Segundo os familiares, os dois teriam sido entregues a traficantes por funcionários do Atakarejo por furtar quatro pacotes com cinco quilos de carne e, em seguida, vítimas do “tribunal do crime” realizado pelo Comando Vermelho. 

Na 1ª fase da Operação Retomada, promovida pelo DHPP, no dia 10 de maio, oito pessoas, entre seguranças e traficantes, acabaram presas. Além das capturas, celulares dos envolvidos foram apreendidos e continuam sendo analisados pelos investigadores do DHPP, com suporte do Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Por meio de nota divulgada na época do duplo homicídio, a empresa repudiou o fato ocorrido e manifestou total solidariedade às famílias das vítimas de violência na loja do Nordeste de Amaralina.

Fonte: Aratu On

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Últimas

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com