Amargosa suspende vacinação de adolescentes 12 a 17 sem comorbidades contra a Covid-19

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp

A Prefeitura de Amargosa, no Vale do Jiquiriçá, suspendeu a vacinação de adolescentes sem comorbidades contra a Covid-19 após a publicação de uma nota técnica do Ministério da Saúde.

A suspensão foi anunciada no início da manhã desta quinta-feira (16), para quando estava marcado o início da imunização de adolescentes com 16 anos sem comorbidades na cidade Jardim.

Em Salvador, o secretário municipal da Saúde, Léo Prates, tomou a mesma decisão, também respaldado pela orientação do Ministério. A imunização já havia iniciado em alguns postos e há relatos de pessoas que aguardavam nas filas e foram informadas que a vacinação estava suspensa.

A nota técnica seguida pelo município foi publicada no sistema do Ministério da Saúde por volta das 21h30 da quarta-feira (15) e é assinada eletronicamente por Rosana Leite de Melo, secretária extraordinária de Enfrentamento à Covid.

A Organização Mundial de Saúde não recomenda a imunização de criança e adolescente, com ou sem comorbidades,

A maioria dos adolescentes sem comorbidades acometidos pela COVID-19 apresentam evolução benigna, apresentando-se assintomáticos ou oligossintomáticos;

Somente um imunizante foi avaliado em ECR;

Os benefícios da vacinação em adolescentes sem comorbidades ainda não estão claramente definidos;

Apesar dos eventos adversos graves decorrentes da vacinação serem raros, sobretudo a ocorrência de miocardite (16 casos a cada 1.000.000 de pessoas que recebem duas doses da vacina), diz a nota.

Prefeitura de Natal suspendeu vacinação de adolescentes sem comorbidades após receber documento — Foto: Reprodução
Reconcavo Web TV, inscreva-se!
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp

Últimas

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com