Micareta de Feira 2020 é adiada por tempo indeterminado, confirma prefeito

A Micareta de Feira de Santana 2020 foi adiada por tempo indeterminado por conta do risco de contaminação do Covid-19. O anúncio foi feito pelo prefeito Colbert Martins Filho em entrevista coletiva realizada na manhã desta sexta-feira (13), no auditório da Secretaria Municipal de Saúde. O promotor de Justiça Audo Rodrigues estava presente na coletiva, além de outras autoridades, e leu o decreto que adia a festa que seria realizada de 23 a 26 de abril. A cidade já tem três casos da doença confirmados.

21 eventos marcados até junho

O Secretário de Cultura, Esporte e Lazer Edson Borges disse ao Acorda Cidade que a decisão do prefeito não surpreendeu e que o decreto cancela o apoio da prefeitura em vários eventos. Segundo ele 21 eventos de hoje até o mês de junho são receberão apoio da prefeitura, conforme determina o decreto do prefeito.

“O governo municipal já vinha discutindo essa situação (adiamento) já há algum tempo. Não é de agora. O prefeito é médico, é professor de epidemiologia, uma pessoa que entende muito do assunto e soube no momento certo tomar a decisão. É bom frisar o seguinte: não é só a Micareta. Estou aqui com a relação de 21 eventos de massa, eventos públicos, até o mês de junho, destes 21 eventos apenas dois são da prefeitura, a Micareta e eventos esportivos, os demais são eventos que a prefeitura dá apoio. Pelo decreto do prefeito, qualquer tipo de apoio a eventos que resultem aglomeração, até nova decisão do prefeito, que tenham apoio da Secretaria de Cultura Esporte e Lazer não terão mais esse apoio” afirmou o secretário.

Sobre os eventos privados (casamentos, aniversários, formaturas), a prefeitura não pode intervir, mas que o recomendado é evitar qualquer evento com grande aglomeração.

Ministério Público

Representante do Ministério Público da Bahia, o promotor Audo Rodrigues, que determinou que a prefeitura e o estado elaborassem um parecer técnico sobre os riscos de transmissão do Coronavírus na Micareta de Feira, informou que a decisão do prefeito ocorreu com um desenrolar dos fatos que culminaram com uma expectativa criada dentro de uma possibilidade de se adequar a uma situação complexa.

“São realidades confirmadas e nós conseguimos que o prefeito, sensibilizado com a situação, adiasse grandes eventos que vão acontecer na cidade. É uma questão de bom senso que as pessoas devem ter e até mesmo 10 pessoas que estejam reunidas, mas que uma esteja infectada, isso pode causar um mal muito grande. O poder de disseminação da doença, em sete dias, pode aumentar em 10 vezes o número de casos e isso faz com que a preocupação aumenta, sobretudo com relação a preparação do poder público de saúde para atender a população”, declarou o promotor ao Acorda Cidade.

Cirurgias suspensas

O promotor informou que outras ações para conter o vírus na cidade estão sendo desenvolvidas, inclusive em hospitais e no Conjunto Penal de Feira de Santana.

“Já temos orientação encaminhada para o Hospital Geral Clériston Andrade para uma suspensão de cirurgias eletivas, que são aquelas que podem esperar, para que não ocupe leitos de forma que venha inviabilizar sua utilização em momento oportuno. Da mesma forma o sistema prisional. A Secretaria de Justiça do estado da Bahia com certeza já está tomando algumas providências e precauções, talvez uma restrição ao número de visitas e algumas tomadas de decisões para impedir que o coronavírus se espalhe dentro do presídio”.

 

Nota do prefeito Colbert
 

Cuidar das pessoas vem de minha educação, do exemplo que tive em minha casa e da minha profissão. Antes de ser prefeito, sou médico. Estou acompanhando as notícias do Coronavírus desde os acontecimentos iniciais no exterior. A partir das suspeitas do primeiro caso em Feira de Santana, mobilizamos toda a nossa equipe, seguindo as orientações da Organização Mundial de Saúde e do Ministério da Saúde.
 

Instalamos o Comitê de Acompanhamento das Ações de Controle ao Coronavírus, para tratar exclusivamente destes casos. Acompanhando as pessoas que foram infectadas e examinando todos aqueles que tiveram algum tipo de contato com elas neste período.
 

Ouvindo as recomendações dos especialistas, assim como em todos os eventos no mundo, também decidimos adiar a nossa tradicional Micareta, que há mais de oitenta anos movimenta Feira de Santana. Uma orientação que será aplicada em todos os eventos do município, que envolva aglomeração de pessoas, até que a situação seja normalizada.
 

É importante neste momento, mantermos a ordem e a tranquilidade, buscando as orientações corretas sobre os cuidados que devemos tomar. Informo à todos, que não pouparemos esforços para atender pacientes que venham a ter sintomas e realizar os procedimentos necessários.
Como cidadão feirense, lamento termos que adiar a micareta. Tenho a consciência tranquila de que esta é a melhor decisão. Sei que é a nossa maior festa, que seria um momento de felicidade, porém nossa maior alegria é com a saúde de nossa gente.

Colbert Martins
 

Fonte: Acorda Cidade

Compartilhe

Copyright © Recôncavo Notícias - Jornalismo com Seriedade e Profissionalismo
O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é anigif-mma-comunicado.gif
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com