fbpx

Mais um: Chapecoense vence Figueirense e garante vaga na Série A

Um ano após ser rebaixada, a Chapecoense está de volta à elite do Campeonato Brasileiro. Na noite desta terça-feira, o time catarinense carimbou o acesso ao vencer o Figueirense por 2 a 1, na Arena Condá, pela 34.ª rodada da Série B. Paulinho Moccellin e Derlan marcaram os gols que fizeram com que o time chegasse ao seu grande objetivo com quatro jogos de antecedência. Agora, segue na briga pelo título.

Com a vitória, a Chapecoense, que está na segunda posição, chega aos 66 pontos e não pode mais ser alcançada por CSA e Juventude, que tropeçaram nessa rodada e ajudaram a equipe catarinense a chegar ao acesso. Ao todo, foram 18 vitórias, 12 empates e apenas quatro derrotas, apesar das dificuldades financeiras durante toda a Série B e da morte do presidente Paulo Magro por coronavírus.

Na liderança está o América-MG, com 67 pontos, que também garantiu vaga na Série A nesta terça-feira ao empatar sem gols com o Náutico, no Recife. O Figueirense, por sua vez, segue na zona de rebaixamento, na 18.ª colocação com 36 pontos, um a menos do que o Vitória, que está em 16.ª com 37 e é o primeiro time fora do grupo da degola.

Mesmo jogando fora de casa, o Figueirense começou a partida fazendo pressão na área do adversário e logo nos primeiros lances, criou duas boas chances para abrir o placar. Na primeira tentativa, Bruno Michel aproveitou um cruzamento da direita, mas foi travado na hora do chute. No lance seguinte, Itinga foi lançado no ataque e chutou firme, mas parou em uma bela defesa do goleiro João Carlos que mandou para escanteio.

A resposta da Chapecoense veio em forma de gol. Aos 21 minutos, depois de uma cobrança de escanteio ensaiada, Paulinho Moccelin apareceu de cabeça e mandou para o fundo da rede. Depois do gol, o Figueirense não se abateu e passou a criar chances em busca do empate. Tanto que até chegou a ter um gol anulado, em um desviou de Diego Gonçalves que estava impedido no lance. Assim, o primeiro tempo terminou com a vitória magra do time mandante.

Na volta do intervalo, a partida seguiu movimentada, com os times buscando espaços para chegar com perigo ao gol adversário. Depois de ficar próximo do empate, o Figueirense viu a Chapecoense marcar mais um gol e praticamente decretar a vitória Aos 20, Paulinho Mocellin cruzou na área, Rodolfo Castro fez a defesa parcial, mas no rebote a bola sobrou livre para Derlan estufar as redes. Ele pegou de primeira, a bola tocou no travessão e entrou.

Depois de tanto tentar, o Figueirense chegou ao gol de nos minutos finais. Aos 38, depois de uma cobrança de escanteio, a bola bateu no braço de Derlan. Ligado no lance, o árbitro marcou pênalti. Diego Gonçalves foi para a cobrança e não desperdiçou. Com isso, a partida terminou com a vitória da Chapecoense por 2 a 1.

Os times voltarão a campo para compromissos da 35.ª rodada da Série B. Na sexta-feira, o Figueirense recebe o Brasil-RS, no estádio Orlando Scarpelli, às 17h30. Já no domingo, a Chapecoense visita o Vitória no Barradão, às 16h.

Fonte: Correio 24h

Compartilhe

Copyright © Recôncavo Notícias - Jornalismo com Seriedade e Profissionalismo
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com