Lives musicais têm queda de quase 70% no interesse público

A pandemia trouxe à tona um modelo de show totalmente diferente: as lives. Desde abril, quase todos os finais de semana é possível assistir live de qualquer gênero musical. Uma das mais vistas do Youtube foi a da cantora sertaneja Marília Mendonça, com cerca de 3,31 milhões de espectadores.

Mas, o que era para ser um momento de divertimento para os que estão confinados em casa há mais de 100 dias por conta da pandemia, acabou com a perda de interesse do público com o avanço da quarentena. Lives com propagandas e merchans, tornaram-se comuns e menos atrativos para os internautas. 

De acordo a Veja e  o Google Trends, com o tempo, os shows virtuais foram perdendo força. A procura caiu consideravelmente a partir de maio, com 20% de queda. Até dia 18 de julho, a procura pela palavra “live” diminuiu cerca de 67% em relação a abril. Desde Marília Mendonça, nenhum outro artista conseguiu bater o record. Apenas fãs fiéis dos artistas consomem as apresentações. 


No Twitter, as pessoas comentam sobre a falta de interesse das lives e reclamam que os artistas fazem aglomerações nas apresentações:

Fonte: BNews

Recôncavo Web Tv, inscreva-se!

Compartilhe

Copyright © Recôncavo Notícias - Jornalismo com Seriedade e Profissionalismo
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com