Gestante perde bebê após horas de espera deitada no chão em UPA do interior da Bahia

Uma mulher, com aproximadamente oito semanas de gravidez, perdeu o bebê após passar horas à espera de atendimento médico em uma UPA, neste sábado (31), na cidade de Guanambi, sudoeste do estado.

De acordo com o jornal Folha do Vale, a Secretaria da Saúde de Guanambi emitiu uma nota informando que após triagem, a paciente recebeu categoria amarela (risco intermediário) e foi chamada pela médica depois de 5 minutos. No entanto, ela não teria respondido ao chamado. Aproximadamente 20 minutos depois, a mulher se encontrava na área externa da UPA, com sangramento e expulsão do feto. Ainda de acordo com o jornal, o secretário da Saúde do município, André Moitinho, determinou que a denúncia seja averiguada pelos coordenadores da unidade.

Uma mulher usou as redes sociais para fazer uma denúncia, e segundo ela, acompanhou a situação. “Ela estava soltando o feto e perdendo muito sangue, foi quando corri e fui buscar atendimento médico. Eles só atenderam quando ela já estava perdendo o feto e sangrando muito. Se tivesse atendido ela antes talvez não tivesse acontecido o aborto. Mesmo assim ela não foi atendida na UPA e foi encaminhada para o Hospital Regional de Guanambi”, escreveu.

Fonte: Varela Notícias

Compartilhe

Copyright © Recôncavo Notícias - Jornalismo com Profissionalismo