General Heleno assume responsabilidade por escolha de novo diretor da PF

hefe do Gabinete de Segurança da Presidência da República, o general Augusto Heleno assumiu a responsabilidade sobre a escolha do novo diretor-geral da Polícia Federal (PF), Alexandre Ramagem. 

O ministro ressaltou que o cargo na direção da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), que era ocupado por Ramagem, é de “confiança”, e que a decisão de colocá-lo no posto de Maurício Valeixo foi pessoal.

Desde que foi ventilada a saída do ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, pela substituição do diretor-geral da PF, o nome de Ramagem passou a correr nos bastidores e a sua nomeação encontrou resistência. O motivo principal é a sua proximidade com o clã Bolsonaro: além de aparecer em fotos pessoais com o vereador Carlos Bolsonaro, ele coordenou a equipe de segurança de Jair Bolsonaro durante as eleições de 2018.

Sobrou também para os jornalistas e, especificamente, para o colunista da Folha de S. Paulo e analista da BandNews FM, Reinaldo Azevedo. O general sugeriu que os “jornalistas Aze(ve)dos” busquem se informar da trajetória de Ramagem e do “excelente trabalho” exercido sob o seu “comando”.

Fonte: BNews

Compartilhe

Copyright © Recôncavo Notícias - Jornalismo com Seriedade e Profissionalismo
O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é anigif-leilao-alatan-2020-1.gif
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com