Garoto de 8 anos ficou ajoelhado em grãos de milho por 10 dias; mãe e padastro condenados

Um garoto de 8 anos foi forçado pela mãe e o padastro a permanecer de castigo por várias horas ajoelhado sobre grãos de trigo. As sessões de tortura, ocorridas na Rússia, duravam até 9 horas. O caso foi denunciado à Justiça de Omsk.

A ideia partiu do padastro Sergey Kazakov, de 35 anos e da mãe do menino, Alina Yumasheva, 27. Uma das punições durou cerca de 10 dias. Imagens aflitivas divulgadas na internet mostravam os joelhos do menino totalmente feridos, com alguns grãs grudados à pele dele.

O menino só escapou da tortura quando conseguiu fugir de casa e pedir ajuda a um vizinho. O homem chamou a polícia, que prendeu a dupla.

Após julgamento, Sergey Kazakov foi condenado a 4 anos e meio de prisão. Alina Yumasheva terá que cumprir 1 ano e meio de reclusão. O menino foi encaminhado a uma instituição que cuida de menores.

Fonte: Informe Baiano

Compartilhe

Copyright © Recôncavo Notícias - Jornalismo com Seriedade e Profissionalismo
O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é anigif-mma-comunicado.gif
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com