Ex-jogador do Vitória morto em acidente com a Chapecoense é escolhido para dar nome à UTI do Hospital Arena Fonte Nova

O ex-jogador do Vitória Artur Brasiliano Maia, falecido em 2016, foi escolhido para dar nome a uma UTI do hospital de campanha na Arena Fonte Nova, local dedicado a pacientes com coronavírus. O jovem perdeu a vida tragicamente durante a queda do avião em que estava com o time Chapecoense (SC), na cidade de La Unión, próximo a Medellin, na Colômbia. 

A homenagem pretende inspirar profissionais de saúde e pacientes internados, mostrando que o estádio, além de ser palco do futebol, é um local com histórias de superação e conquistas.

Artur Maia foi um dos ídolos do Vitória. Nascido no ano de 1992 em Maceió, chegou apenas com dez anos ao rubro-negro baiano. Foi destaque da divisão de base e, aos 18 anos, estava entre os jogadores profissionais, promovido ao grupo principal. 

O jovem foi campeão baiano em 2010 e 2016, e ganhou a Copa do Brasil Sub-20 de 2012, quando foi eleito o melhor jogador. Jogou também pelo Joinville (SC), América (RN), Flamengo e pelo time japonês Kawasaki Frontale. Sua última parada foi a Chapecoense (SC), emprestado pelo Vitória no ano de 2016. Morreu no dia 29 de novembro na tragédia que marcou o país.

Além de Maia, o ex-jogador do Bahia Sapatão, cujo nome era Élcio Nogueira da Silva, também foi homenageado pelo Hospital Arena Fonte Nova. Outros ex-atletas também darão nome às enfermarias do local. 

Fonte: Bnews

Compartilhe

Copyright © Recôncavo Notícias - Jornalismo com Seriedade e Profissionalismo
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com