Eduardo Cunha responsabiliza Maia, Temer e Baleia Rossi por impeachment de Dilma, em livro

Em livro que será lançado em breve, o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, afirma que não haveria impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) sem a atuação do então vice, Michel Temer. A obra, intitulada de “Tchau, Querida”, promete revelações bombásticas sobre o processo.

De acordo com a coluna da jornalista Mônica Bergamo, da Folha, o ex-presidente da Câmara afirma que Temer “foi sim o militante mais atuante e importante” na derrubada de Dilma Rousseff da presidência. “Ele simplesmente quis e disputou a Presidência de forma indireta. Ele fez ‘a escolha’”.

Cunha, que está em prisão domiciliar, promete “detalhes inéditos e minuciosos” sobre a batalha de Temer para derrubar Dilma. No livro, ele ainda mira no presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e Baleia Rossi, que disputa o cargo com apoio do próprio Maia.

Segundo ele, o atual presidente da Câmara foi articulador e “um dos principais militantes” pelo impeachment, e Baleia Rossi também teria atuado na derrubada da petista.

Fonte: Aratu On

Recôncavo Web TV, inscreva-se!

Compartilhe

Copyright © Recôncavo Notícias - Jornalismo com Seriedade e Profissionalismo
O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é AMARGOSA-252552.jpg
DISK CESTA: 75 98841 0064
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com