Lázaro Barbosa pode estar ferido e consegue fugir após tiroteio em mata de Goiás, diz secretário

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Após um tiroteio nesta quinta-feira (17), Lázaro Barbosa, suspeito de uma chacina em Ceilândia, conseguiu fugir pela mata, em Cocalzinho de Goiás. O secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, acredita que ele pode estar ferido.

“Cão farejador achou pano ensanguentado, pode ser até um ferimento grave. Ele tentou acertar um dos cachorros, policiais visualizaram e revidaram. Ele entrou em uma vala e depois, provavelmente, na água, e os policiais perderam o rastro dele”, disse o secretário.

O tiroteio aconteceu por volta de 17h. Dezenas de equipes foram ao local, incluindo Miranda. Este novo confronto aconteceu dois dias depois de policiais trocarem tiros contra Lázaro durante o resgate de uma família feita refém.

Moradores de Cocalzinho de Goiás relataram ter ouvido mais de 50 disparos. Um morador mandou uma mensagem para a noiva contando sobre “muito tiro” na região (ouça acima).

“Muito tiro para o rumo do mato. Acho que pegaram ele. As viaturas todas descendo”, disse Marcos Douglas.

Miranda disse ainda que, durante a perseguição, o suspeito tentou atirar contra os cães farejadores que estavam em sua direção.

“Veio a notícia que houve um disparo contra a equipe da policia, que revidou em um milharal. Ele [Lázaro] desceu e foi para a mata, que é o padrão dele. O cão e o Bope foram atrás. Lá embaixo, ele tentou atirar no cão. Os policiais revidaram e ele entrou em uma vala com água e os policiais perderam a pista dele”, disse.

O secretário disse que Lázaro ainda deve estar escondido na mesma região onde aconteceu o confronto. Porém, nenhuma hipótese está descartada.

“Nossa inteligência apontou que ele está naquela região [do tiroteio]. Botamos algumas equipes para entrar com visão noturna, mas o terreno é muito acidentado e difícil”, explicou.

Fonte: G1

Recôncavo Web Tv, inscreva-se!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Últimas

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com