Vereador do Rio e milícia teriam coordenado assassinato de Marielle, diz jornal

Resultado de imagem para fotos de marielle franco

Uma testemunha ouvida pela Polícia Civil teria contato que um vereador do Rio de Janeiro e um miliciano teriam planejado e executado a vereadora Marielle Franco (PSOL) e seu motorista, Anderson Gomes.

Protegida por sofrer ameaça da milícia da Zona Oeste, a testemunha relatou  conversas entre o político e o criminoso, em que eram tratados os prejuízos causados pelo combate de Marielle ao avanço de grupos paramilitares em comunidades de Jacarepaguá. De acordo com o jornal O Globo, além do vereador e do chefe da milícia, também foram mencionados outros nomes do bando que teriam participado da execução.

 

Fonte: Bocão News

Compartilhe

Copyright © Recôncavo Notícias - Jornalismo com Profissionalismo