Surto de superfungo atinge Hospital da Bahia

Um surto do superfungo fatal “Candidas auris” surgiu no Hospital da Bahia, em Salvador. O micróbio, resistente à maioria dos medicamentos, atingiu 11 pacientes no estabelecimento, segundo a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab). Ele é responsável por infecções hospitalares e um dos mais temidos no mundo. Foi encontrado pela primeira vez no Brasil no início de dezembro, segundo um alerta da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A Anvisa afirmou, em nota, que estes “são os primeiros casos identificados de ‘Candidas auris’ no Hospital da Bahia e no país”. Apesar de ter uma taxa de mortalidade de até 60% em outro países, todos os contaminados sobreviveram.

O superfungo pode causar infecção na corrente sanguínea, ocasionar feridas e é muito alarmante para pacientes com comorbidades, pois correm mais risco de morte. Ele pode ficar presente em ambientes durante meses e resiste até aos desinfetantes mais fortes.

De acordo com um comunicado da Sesab, três grupos estão atuando na análise da doença, na avaliação de possíveis tratamentos e no controle de infecção pelo fungo. Os pacientes foram isolados e a desinfecção do hospital, seguindo orientações da Anvisa, foi realizada. “No momento, estamos em acompanhamento e monitoramento, para garantir o cumprimento das recomendações de desinfecção realizadas pelo hospital para evitar a ocorrência de novos casos”, afirmou a secretaria.

Fonte: Metro 1

Compartilhe

Copyright © Recôncavo Notícias - Jornalismo com Seriedade e Profissionalismo
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com