Procurador do TJD pede desclassificação e rebaixamento do Vitória no Baianão

O procurador Hermes Hilarião Teixeira Neto, da Procuradoria da Justiça Desportiva, ofereceu denúncia, nesta quinta-feira, contra os envolvidos na confusão do Ba-Vi do último domingo. No documento, Hermes Hilarião também pede a desclassificação e rebaixamento do Esporte Clube Vitória do Campeonato Baiano por, segundo ele, dar o encerramento de forma intencional à partida. A previsão é que o julgamento aconteça na próxima terça-feira, às 18h (horário de Brasília).

– Foram denunciados 12 atletas, o Vitória, o técnico Vagner Mancini e o supervisor Mário Silva – disse Hermes Hilarião, em entrevista ao GloboEsporte.com.

O procurador continua que, por decidir pelo encerramento intencional da partida, o Vitória prejudicou equipes como Jequié e o Fluminense de Feira, que disputam classificação para a semifinal da competição.

– Na nossa avaliação, o Vitória, através de seus atletas, do técnico Vágner Mancini e do supervisor Mário Silva, resolveu dar ensejo ao término da partida de forma proposital, intencional. Isso gerou prejuízo desportivo ao Jequié e ao Flu de Feira porque o campeonato está em fase de pontos corridos. Em razão desse prejuízo a terceiros, o Vitória, em razão do art. 205, parágrafo II do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, merece ser desclassificados do Campeonato. O fundamento do rebaixmneto, por tudo o que falei, pela conduta antidesportiva, com base no Código Disciplinar da Fifa, que se aplica ao Campeonato Baiano, em razão do seu próprio regulamento, do art. 79, item II, entendemos que merece tambem ser rebaixado – disse o procurador em entrevista ao GloboEsporte.com.

Do lado do Vitória, vão ser julgados os jogadores Kanu, Denílson, Rhayner, Yago, Fernando Miguel, Bruno Bispo, Ramon e André Lima, além do técnico Vagner Mancini, do supervisor de futebol Mário Silva e do próprio clube. Do lado do Bahia, a procuradoria ofereceu denúncia contra os jogadores Vinícius, Edson, Rodrigo Becão e Lucas Fonseca.

A diretoria do Vitória foi procurada pelo GloboEsporte.com, mas não se pronunciou sobre o assunto.

Mandado de segurança

Na última quarta-feira, o Vitória ingressou com um mandado de segurança junto ao TJD-BA para tentar manter o placar do Ba-Vi empatado em 1 a 1. Com a divulgação da súmula do jogo, a FBF determinou que o Tricolor havia vencido o Ba-Vi por W.O., o que garantiu o placar de 3 a 0 para o time de Guto Ferreira.

Fonte: Globo Esporte

Compartilhe

Copyright © Recôncavo Notícias - Jornalismo com Profissionalismo