Morte de suspeito gera protesto no campus da UFRB em Cruz das Almas

Um grupo de aproximadamente 20 pessoas promoveu, neste sábado (3), dentro do campus da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) em Cruz das Almas, um protesto pela morte de um jovem de 18 anos. Edvaldo dos Santos Santos, o ‘Netinho’, foi morto durante um confronto com policiais militares na manhã de sexta-feira (2), na Sapucaia.

No principal acesso à Universidade, os manifestantes que integram a comunidade quilombola da Linha espalharam e atearam fogo em objetos, bloqueando a via.

A inscrição “Luto Neto” foi pichada no muro da entrada da UFRB. O grupo encerrou o protesto após a chegada da PM. Nenhum dos manifestantes foi preso.

De acordo com a polícia, um revólver calibre 32 foi apreendido com Netinho, suspeito de atuar no tráfico de drogas. Ele chegou a ser socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu. Um comparsa conseguiu fugir.

Fonte: Boccao News

Compartilhe

Copyright © Recôncavo Notícias - Jornalismo com Profissionalismo