Mãe é presa suspeita de fazer ‘festas’ para facilitar estupro de filhas de 12 e 13 anos na Bahia

Uma mulher foi presa, nesta quarta-feira (2) no município de Jeremoabo, no norte da Bahia, acusada de aliciar as duas filhas adolescentes, de 12 e 13 anos, promovendo festas em sua casa, para facilitar o estupro contra as meninas, durante dois anos, pelo seu companheiro Adriano Santos Nascimento, e o primo dele, Benival Santos Ferreira.

Segundo a polícia, Bernadete Alves de Menezes, costumava promover “festinhas” na residência que morava com as filhas e o companheiro, com consumo de bebidas alcoólicas, deixando as garotas expostas, criando assim oportunidades para que os abusos fossem feitos.

Conforme a polícia, Adriano, Beninval e a mãe das vítimas, Bernadete, tinham mandado de prisão preventiva em aberto e foram localizados por policiais da Delegacia Territorial (DT) do município, após denúncia anônima. Eles foram autuados por estupro de vulnerável, pela Lei Maria da Penha e pelo Estatuto da Criança e Adolescente, e foram encaminhados ao Presídio de Paulo Afonso. As duas adolescentes foram entregues ao Conselho Tutelar de Jeremoabo.

Fonte: Varela Notícias

Compartilhe

Copyright © Recôncavo Notícias - O site que tem a cara da Bahia