Lula deixa sindicato no ABC para se entregar à Polícia Federal

ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tentou deixar o sindicato para se entregar por volta de 17h deste sábado (7), mas militantes cercaram o portão e impediram a saída do carro dele no Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo, em São Paulo.

Mas, às 18h41 ele saiu do prédio e caminhou em meio à militância. O ex-presidente foi ao encontro de um comboio da Polícia Federal.

O ex-presidente desceu do carro e voltou para dentro do prédio. Lula disse durante pronunciamento em frente ao sindicado, na manhã desta sábado, que se entregaria. Por volta das 18h40, Lula tenta sair mais uma vez do prédio do sindicato. O petista foi andando para fora do sindicato, já que na primeira tentativa de carro não conseguiu.

Segundo o jornal Folha de São Paulo, enquanto os políticos falam no trio elétrico, grupos de militantes permanecem nos dois portões para impedir que o carro do ex-presidente saia. Os militantes mais radicais desconfiam que os discursos que ocorrem agora é uma estratégia para diminuir a resistência.

Ainda de acordo com o jornal, entre os militantes que assistem aos discursos na rua o clima é de seguir resistindo. Com palavras de ordem puxadas quando os políticos são mais enfáticos pedindo para que eles recuem.

Fonte:Bocão News

Compartilhe

Copyright © Recôncavo Notícias - Jornalismo com Profissionalismo