Júri popular absolve Kátia Vargas após quatro anos da morte dos irmãos Emanuel e Emanuelle

Quatro anos depois da morte trágica dos irmãos Emanuel e Emanuelle, no bairro de Ondina, em outubro de 2013, a médica Kátia Vargas foi absolvida nesta quarta-feira (06), em júri popular realizado desde a última terça (05), no Salão do Júri do Fórum Ruy Barbosa, em Salvador.

O júri popular foi formado por sete pessoas, sendo cinco mulheres e dois homens. Na plateia foram disponibilizados 432 lugares, dentre os quais 9 foram destinados para os parentes da médica e 9 para os das vítimas. Além disso, 54 lugares foram disponibilizados para convidados da defesa e da acusação (27 para cada lado). Os demais lugares – um total de 360 -, ficaram à disposição do público em geral, incluindo a imprensa.

O julgamento teve início na manhã de terça-feira (05) com o depoimento das testemunhas de acusação. O primeiro a falar foi Álvaro Lima Freitas Junior, que contou como foi o acidente.

Fonte: Varela Noticias

Compartilhe

Copyright © Recôncavo Notícias - O site que tem a cara da Bahia