Funcionários do Hospital de Amargosa emitem nota de repúdio após morte de bebê

Funcionários do Hospital Municipal de Amargosa divulgaram na tarde desta terça-feira (22), uma nota de repúdio após suposta agressão sofrida por um dos funcionários depois da morte de um bebê ocorrido na ultima sexta-feira (18). leia

Familiares e amigos farão uma caminhada em manifestação na manhã desta quarta-feira (23), nas principais ruas do centro da cidade pedindo justiça pela morte do bebê.

Nota de Repúdio

Nós, funcionários do Hospital Municipal de Amargosa, com o apoio da Secretaria de Saúde do Município, vimos através desta, manifestar veementemente o sentimento de indignação e absoluto repúdio contra toda e qualquer forma de agressão, contra os servidores, fato que vem acontecendo com recorrência, através de publicações em redes sociais, com calúnia, difamação, distorção dos fatos e ameaças. 
Considerando a última ocorrência de óbito neonatal na unidade, a equipe vem sendo hostilizada de forma irresponsável e desrespeitosa. Tais atitudes objetivam macular a imagem, a honra dos profissionais e a excelência dos serviços prestados pela equipe lotada no Hospital Municipal de Amargosa que de modo profissional, ético e eficiente, desempenha suas atribuições diárias. Dispomos de equipe multiprofissional em regime de plantão 24h, atendendo a uma demanda aproximada de 150 atendimentos/dia, com observação e internamento clínico adulto e pediátrico. 
Desde maio de 2017, contamos com a execução do Projeto Cirurgias Eletivas (parceria do município com o Ministério da Saúde/SESAB), através do Sistema Lista Única, realizando cirurgias de pequeno e médio porte, dos munícipes e toda a região de Saúde, totalizando mais de 550 procedimentos. 
Numa ação inédita, foi inaugurado em Maio de 2017, o Serviço de Parto Normal, com profissionais legalmente habilitados, de acordo com o Projeto Rede Cegonha, com Humanização da Assistência ao pré-parto, parto e puerpério, onde já foram realizados mais de 390 partos desde o inicio das atividades. 
Os casos de alta complexidade são conduzidos com seriedade, empenho e respeito, sendo devidamente encaminhados para serviço especializado via Central de Regulação Estadual. Diante disto, nós profissionais de saúde do HMA, exigimos o mesmo respeito que ofertamos aos usuários. Dedicamos grande parte de nossa vida ao cuidar do outro, em defesa da vida, seguindo os princípios éticos de cada profissão. Dessa forma, serão tomadas medidas cabíveis contra qualquer ação que promova de forma irresponsável o desvirtuamento e o descrédito do serviço ofertado por esta unidade.

Compartilhe

Copyright © Recôncavo Notícias - Jornalismo com Profissionalismo