Fifa anuncia que Guerrero ficará um ano suspenso do futebol

Depois de mais de um mês avaliando a situação de doping do atacante Paolo Guerrero, a Fifa anunciou que o atacante do Flamengo ficará um ano suspenso do futebol. A entidade considerou que o atacante utilizou uma substância ilegal antes da partida contra a Argentina, no dia 05 de outubro, e com isso o jogador só poderia voltar a atuar no dia 03 de novembro de 2018, quando o período de punição terá terminado.

Segundo a Fifa, foi detectado a presença de benzoilecgonina, metabólito presente na cocaína, e que a quantidade encontrada é suficiente para avaliar que o atleta utilizou uma substância proibida na classe “S6. Estimulantes”. Com isso ele violou o artigo 6 do regulamento anti-doping e o artigo 63 do Código disciplinar da principal entidade do futebol mundial.

O atacante peruano ainda pode apresentar recurso na Fifa e, se for o caso, na Corte Arbitral do Esporte. Caso a punição continue ativa e o jogador não possa atuar por um ano, Guerrero terá que lidar com problemas no restante da sua carreira. O contrato com o Flamengo vai até até agosto de 2018 e com isso aumentariam as chances dele nunca mais jogar em campo para defender as cores do time carioca.

Além disso, Guerrero ficará de fora da Copa do Mundo. O jogador foi fundamental para classificar o Peru para o Mundial depois de 36 sem jogar o principal torneio de seleções. A suspensão se refere a qualquer partida, sejam oficiais ou amistosos, o que impossibilita o peruano de jogar pela sua seleção até novembro de 2018.

Compartilhe

Copyright © Recôncavo Notícias - Jornalismo com Profissionalismo