Empresário se mata durante evento com ministro de Minas e Energia em Aracaju

O empresário Sadi Gatiz morreu durante o Simpósio de Oportunidades, que acontecia na manhã desta quinta-feira (4), na Orla de Aracaju. O evento acontecia no Radisson Hotel.

O dono da Escurial, o empresário Sadi Gitz, cometeu suicídio na manhã desta quinta-feira, 4, durante a abertura do ‘Simpósio de Oportunidades – Novo Cenário da Cadeia do Gás Natural em Sergipe’. No local estavam o governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, e do Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque.

Segundo o Estadão, Gitz levantou-se após a fala do governador, chegou a tentar dizer algumas palavras e logo após cometeu suicídio. A empresa de Gitz teria entrado em hibernação, devido ao elevado valor do gás, e com isso ele teria falido.

A Escurial, uma indústria de cerâmica, estava enfrentando dificuldades e atualmente está em recuperação judicial. A empresa passou a utilizar gás com pagamento antecipado e há aproximadamente dois meses encerrou as demandas por falta de condições financeiras.

Através das redes sociais, o governador do Estado de Sergipe lamentou o ocorrido e informou sobre o cancelamento do evento.

De acordo com uma nota divulgada pelo governo de Sergipe, o empresário cometeu suicídio durante o evento. “O Governo do Estado de Sergipe lamenta o ocorrido com o empresário Sadi Gitz, da cerâmica Escurial, que cometeu suicídio durante o evento”, diz a nota. Fonte: Atarde

Compartilhe

Copyright © Recôncavo Notícias - Jornalismo com Profissionalismo
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com