Dicas Kids: Engasgo em bebês e crianças saiba o que fazer, veja o vídeo!

As crianças pequenas têm o hábito de colocar objetos na boca, é a forma como exploram o mundo. O engasgo ocorre quando a criança engole algo grande o suficiente para bloquear suas vias aéreas, ficando difícil ou impossível respirar. Para entender isso, é importante saber que o diâmetro das vias aéreas de uma criança é aproximadamente do mesmo tamanho que o dedo dela. Por isso, é fácil objetos, mesmo os menores, se tornarem extremamente perigosos.

Os sinais mais comuns de engasgamento incluem: tosse ou respiração ruidosa; lábios ou pele azuladas; esforço grande para respirar e eventual perda de consciência. A criança pode também emitir ruídos atípicos ou abrir a boca sem emitir nenhum som, podendo não conseguir chorar ou tossir.

O ideal é garantir que objetos pequenos sejam mantidos fora do alcance de seu filho, mas caso algum acidente aconteça, é importante estar preparado para agir com segurança e confiança.

Alguns riscos de asfixia incluem brinquedos, utensílios domésticos e alimentos. Destes, a comida é a causa mais comum de sufocamento. Práticas alimentares seguras, como acompanhar a criança enquanto ela come, por exemplo, não só proporcionam uma oportunidade de ligação, mas também garantem que ela mastigue os alimentos adequadamente.

Engasgo é coisa séria! Previna e saiba o que fazer caso aconteça.

O que fazer em caso de engasgo?

No vídeo abaixo, produzido pela Phitters, o pediatra Gabriel Variane mostra o que fazer e como socorrer a criança ou bebê em casos de engasgos.

Fonte: Blog Leiturinha

Compartilhe

Copyright © Recôncavo Notícias - Jornalismo com Profissionalismo