Dicas Kids: 10 regras essenciais para visitar um recém-nascido

Finalmente, depois de tantos meses de espera, o bebê nasceu! E, claro que não poderia ser diferente, família, amigos, vovó, vovô, dinda, tios e tias… Todos estão ansiosos para ver o rostinho desse pequeno que mal chegou ao mundo, e já é tão amado e querido. Esse é um momento repleto de novidades e alegrias, em que a rotina dos pais vira uma loucura. Muito o que pensar, descobrir e tanto o que sentir! Além disso, os primeiros dias de vida de uma criança são muito delicados e sensíveis. Por isso, se você está planejando visitar um pequeno que acabou de nascer, é importante tomar alguns cuidados. Para ajudar, nós reunimos aqui 10 regras para visitar um recém-nascido. Confira!

1. Ligue e combine antes, sempre

Nada de visitas surpresas! Seja na maternidade ou em casa, é muito importante combinar a visita com antecedência. Afinal, como já falamos ali em cima, esse é um momento em que a rotina da família vira de cabeça para baixo. Por isso, não fique chateado(a) se o casal preferir adiar a visita para um outro dia. Por mais difícil que seja controlar a ansiedade de ver o rostinho desse pequeno ser tão amado, é fundamental respeitar o tempo dos pais para que a visita seja o mais bem aproveitada possível!

2. Evite perfumes fortes

Nessa fase, como tudo, o olfato do bebê ainda é muito sensível. Por isso, para evitar possíveis alergias ou reações, quando for visitar o pequenino pegue leve no perfume e também não fume antes da visita. Assim, evita-se expor o recém-nascido a produtos que podem comprometer a saúde do bebê.

3. Se estiver doente, adie a visita

Como todos sabem, nos primeiros dias os pequenos são muito sensíveis a tudo e seu sistema imunológico ainda não está totalmente desenvolvido. Por isso, espere até estar totalmente recuperado(a) para, então, visitar o recém-nascido. Dessa forma, não se corre o risco de transmitir algo para o pequeno.

4. Não economize na higienização

Antes da visita e, principalmente, antes de pegar o bebê, higienize bem as mãos, se possível utilize álcool em gel. Afinal, melhor cuidar do que remediar, não é? Os pequenos recém-nascidos são mais suscetíveis a vírus e bactérias e, por isso, todo cuidado é fundamental!

5. Visitas rápidas

Claro, isso depende da intimidade e vínculo que você tem com os recém papais, mas o ideal é que as visitas não sejam muito longas. Esse é um momento agitado na vida da família e muitas visitas demoradas podem ser cansativas para o bebê e para os pais também. Afinal, eles também precisam descansar. Por isso, além de combinar com antecedência e evitar horários das refeições, não alongue muito sua visita. Agora, claro, se você é próximo(a) do casal, pode até estender a visita para ajudar! Pode ser ajudando a preparar alguma refeição, lavando as louças, estendendo as roupas no varal… Qualquer ajuda é bem-vinda!

6. Não peça para acordar o bebê

A soneca do bebê é sagrada! Além de ser o momento em que ele fica calmo e descansa, essa é a deixa para que os pais também possam organizar e fazer outras atividades ou ter seu merecido descanso! Por isso, se você chegou na hora do sono do bebê, nem pense em pedir para acordá-lo, prefira voltar em outro momento. Não faltarão oportunidades!

7. Não pegue, beije ou abrace o bebê, caso os pais não queiram

Algumas mães são mais cuidadosas nesse sentido e preferem que apenas os mais próximos peguem o bebê. Não se sinta ofendido(a). Pelo contrário, respeite. Afinal, o cuidado com a saúde do bebê cabe aos pais e se eles preferem dessa forma, é porque se preocupam com seu pequenino recém-chegado.

8. Nada de palpites

Tudo que os recém pais não precisam é de palpites. Esse início é complicado e a mãe ainda está se adaptando à nova rotina e ao novo papel. É natural ficar insegura ou até irritada com uma chuva de conselhos. Portanto, a não ser que peçam sua opinião, prefiro guardá-la para você. Aliás, você pode trocar um “Coloque ele no berço, se não vai ficar mal acostumado” por um “Você precisa de ajuda com alguma coisa? Como posso ajudar vocês?”.

9. Fotos só com autorização

Nós sabemos que nos dias de hoje tudo é motivo para fotos e publicações nas redes sociais. No entanto, só fotografe o pequeno recém-nascido se a mãe/pai deixar. Eles podem preferir não expor o filho e você precisa respeitar essa decisão. Caso os clicks sejam permitidos, nada de flashes, pois podem incomodar o pequenino. 

10. Hora de ir embora

Fique atento(a) aos sinais de que a hora da visita acabou. Se o bebê começar a chorar muito, pode ser que seja o momento da mãe amamentá-lo e essa é a deixa para a despedida. Principalmente se é a mãe é de primeira viagem, a hora da amamentação pode deixá-la insegura e constrangida se for na frente das visitas. Por isso, aproveite o momento para finalizar a visita e, se for o caso, volte em outro momento.

Fonte: Blog de leiturinha

Compartilhe

Copyright © Recôncavo Notícias - Jornalismo com Profissionalismo