Cunhado de Ana Hickmann que matou fã recebe medalha de mérito; “clara injustiça”

Foto: redes socias

Mesmo após mais de três anos, o atentado contra a atriz Ana Hickmann ainda é lembrado. Na terça-feira (19/11), o deputado federal Eduardo Bolsonaro (Sem partido) revelou que Gustavo Corrêa, cunhado da apresentadora, irá receber uma medalha de honra ao mérito nesta quarta (20/11).

Em maio de 2016, Gustavo matou um homem que entrou no quarto de Ana Hickmann e fez o grupo de reféns. Ele sofreu processo na Justiça, onde alegou legítima defesa, e foi inocentado. A contituição brasileira diz que existe legítima defesa apenas se o meio usado para atingir o agressor for proporcional a ameaça sofrida e que a intenção do ato deve ser conter a pessoa, não matá-la. 

O motivo da medalha, de acordo com Eduardo Bolsonaro, foi “salvar sua família” e disse que a questão de “excesso de legítima defesa” deve ser extinto caso aprovado o pacote anticrime “O caso de Gustavo é clara injustiça de como esse excesso prejudica aqueles que reagem a crimes, fato comum na vida policial”, publicou

Eduardo Bolsonaro@BolsonaroSP

No pacote anticrime o absurdo do “excesso de legítima defesa” será extinto, fazendo c/ q vítimas de crimes possam se defender sem serem perseguidos pela justiça.O caso de Gustavo é clara injustiça d como esse excesso prejudica aqueles q reagem a crimes,fato comum na vida policial

Ver imagem no Twitter

5.77518:46 – 19 de nov de 2019 · Brasília, BrazilInformações e privacidade no Twitter Ads1.474 pessoas estão falando sobre isso

Fonte: Aratu On

Compartilhe

Copyright © Recôncavo Notícias - Jornalismo com Profissionalismo
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com