Cai número de famílias beneficiadas no Programa Bolsa Família no Brasil

O número de famílias do Programa Bolsa Família vem caindo sistematicamente após o Golpe contra a Presidenta Dilma Rousseff. Segundo levantamentos realizados nos municípios do Território do Vale do Jiquiricá, em um comparativo de maio de 2015 e julho de 2017, os vinte municípios perderam 4.062 (quatro mil e sessenta e dois) beneficiários.

Estes números representam 8,6% do total de famílias beneficiadas que saíram de 47.392, em maio de 2015, para 43.330, em julho de 2017. Segundo as estimativas, os municípios do território devem perder aproximadamente R$ 3,9 milhões, que deixarão de ser injetados na economia local neste ano. A queda é bem mais acentuada em 2017, quando municípios como Jaguaquara perderam 603 famílias beneficiadas; Laje perdeu 325 e Maracás perdeu 319, em apenas 7 (sete) meses deste ano.

É indiscutível a força do Programa Bolsa Família na economia dos pequenos municípios. Só neste ano de 2017, a previsão é que será injetado na economia dos vinte municípios que compõem o território do Vale do Jiquiricá, aproximadamente R$ 92,6 milhões, beneficiando mais de 43 mil famílias.

Segundo o Consultor Valmir Sampaio, “o programa Bolsa Família e o BPC (Benefício de Prestação Continuada) do Deficiente e do Idoso movimentarão a economia dos vinte municípios, em 2017, mais de R$ 213 milhões, o que representará quase 51% do valor repassado em 2016 aos mesmos municípios pelo FPM (Fundo de Participação dos Municípios) e FUNDEB (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) juntos”.

Compartilhe

Copyright © Recôncavo Notícias - O site que tem a cara da Bahia