Bahia leva gol no fim e é eliminado na 1ª fase da Copa do Brasil

A estreia do Bahia na Copa do Brasil foi desastrosa. Depois de dominar o jogo e abusar de perder gols, o tricolor foi surpreendido pelo River, na noite desta quarta-feira (5), no estádio Albertão, em Teresina, e levou um gol aos 42 minutos do segundo tempo. Resultado: 1×0, primeira derrota em 2020 e eliminação na primeira fase da competição nacional.

Jean Natal, em cobrança de falta que passou por toda a defesa e contou com falha de Douglas, foi o carrasco do Esquadrão. Na segunda fase, o River vai encarar o América-RN, que passou pelo São Luiz-RS após empate de 0x0. O confronto será no mesmo estádio Albertão.

O JOGO
Favorito, o Bahia encarnou o protagonismo desde o primeiro minuto do jogo. Buscando as jogadas pelos lados, principalmente na dobradinha entre Clayson e Juninho Capixaba na esquerda, o Tricolor esbarrava apenas na própria pontaria.

Depois de roubar a bola no meio-campo, Flávio passou pelo marcador e deixou Gilberto em boa condição. O camisa 9 se atrapalhou e chutou mascado e ainda obrigou o goleiro Mondragon a se esticar todo para evitar o gol.

Minutos depois o mesmo Gilberto levou a melhor após pressionar a saída de bola do River. O atacante driblou o lateral Mateus Muller, invadiu a área, mas chutou para fora. O volante Gregore foi outro que recebeu na pequena área e falhou na hora da finalização.

Enquanto o Bahia ia buscando o seu primeiro gol, o River praticamente não ameaçava o Tricolor. Tanto que o melhor lance do time piauiense no primeiro tempo foi um chute fraco de Valdo Bacabal, que Douglas fez defesa tranquila.

A partir dos 30 minutos o jogo deu uma caída. Mas antes do fim do primeiro tempo o Bahia ainda perdeu outra grande chance. Dessa vez foi Clayson quem recebeu cruzamento rasteiro na pequena área e mandou por cima.  

CASTIGO NO FIM
Precisando da vitória para avançar, o River voltou mais organizado no segundo tempo e tentou ocupar os espaços no campo de defesa do Bahia. Enquanto isso, o Bahia iniciou a segunda etapa com o freio de mão puxado.

Sem viver uma noite inspirada, Daniel não conseguia municiar o ataque. Já os pontas Clayson e Élber passaram a ter dificuldade para fazer as jogadas em velocidade.

Para tentar mudar a situação, Roger colocou Rossi no lugar de Clayson. Mas foi Gilberto que recebeu cruzamento rasteiro de Juninho Capixaba e na pequena área mandou para fora. Perdendo outra grande oportunidade.

Impaciente, a torcida começou a pedir pelo meia Régis. Roger atendeu a súplica e promoveu a estreia do jogador na temporada. O panorama, no entanto, seguiu o mesmo. Sem repertório, o Bahia não conseguia pressionar o River. Enquanto isso, o time do Piauí tentava apertar o Tricolor. A cabeçada de Romário passou por cima do gol de Douglas. 

Quando o duelo se encaminhava para um empate e classificação do Tricolor, veio o banho de água fria. Aos 42 minutos, Jean Natal cobrou falta rasteira. A bola passou por toda a defesa do Bahia e morreu no fundo das redes. Foi o necessário para decretar o primeiro vexame do Esquadrão na temporada. 

Fonte: Correio 24h

Compartilhe

Copyright © Recôncavo Notícias - Jornalismo com Seriedade e Profissionalismo
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com