Após um ano, autores da morte de enfermeira em Amargosa continuam foragidos

Ainda se encontra foragido o elemento identificado como Ailton Silva, vulgo “Baby Capenga”, um dos principais autores da morte da enfermeira Angélica Borges (leia), no dia 19/08/2017, no bairro da Catiara em Amargosa.

Angélica foi assassinada com um tiro na cabeça próxima a residência onde morava na avenida São Cristóvão,  após Baby e outras elementos, que também estão  foragidos,  deflagrarem vários tiros de arma calibre .40, 9mm e  380 na rua. Os tiros foram disparados de dentro da casa de Baby, e atingiram outras seis casas.

Depois de um ano do crime, os principais evolvidos ainda não foram presos  e os famílias aguardam uma respostas das autoridades responsáveis.

Informações sobre foragido ligue: 75 3634 1611, seu identidade será mantida em sigilo.


Compartilhe

Copyright © Recôncavo Notícias - O site que tem a cara da Bahia