Após eliminação na Copa, Iniesta anuncia aposentadoria da Espanha

Depois da eliminação para a Rússia nas oitavas de final da Copa do Mundo de 2018, os torcedores espanhóis tiveram mais uma notícia ruim neste domingo, Logo após a partida diante dos donos da casa, que venceram os campeões de 2010 nas cobranças de pênalti, o meia Andrés Iniesta anunciou sua aposentadoria da seleção nacional.

“É uma realidade, essa é a minha última partida pela seleção. No nível individual, uma fase maravilhosa acabou e, às vezes, os finais não são como você espera ou sonha, essa é a verdade. No geral, é provavelmente o dia mais triste da minha carreira”, destacou o meia após a sua última participação em Copas do Mundo.

“Saio com um sabor bem ruim, como todo mundo, é um momento difícil que já experimentamos em outras ocasiões. Na minha opinião, as críticas são o de menos, estamos sentidos por que não fomos capazes de dar um passo adiante. Individualmente não foi a melhor despedida, mas o futebol e a vida tem dessas coisas, temos que aceitar”, finalizou o craque espanhol autor do gol do título da Copa disputada na África do Sul.

Pela seleção da Espanha, Iniesta se mostrou um dos maiores nomes da história do país, sendo convocado por 12 anos para defender a camisa vermelha e branca. Foram duas Eurocopas conquistadas, em 2008 e 2012, e uma Copa do Mundo, quando chegou no seu ápice na carreira já que foi um dos melhores da competição e marcou o gol do título diante da Holanda.

A situação deve ser ainda mais tristes para os torcedores do Barcelona, já que o jogador também anunciou, antes da Copa do Mundo, que não jogaria mais pelo time catalão. Foram 22 anos pelo clube (considerando também as categorias de base), mais de 650 jogos disputados e dezenas de títulos conquistados, entre eles quatro Liga dos Campeões.

Fonte: Gazeta Esportiva

Compartilhe

Copyright © Recôncavo Notícias - Jornalismo com Profissionalismo