“Jesus é uma bixa preta”: professor e comunidade evangélica se revoltam sobre pichação na UFRB

 Foto: reprodução Facebook

Um vídeo que viralizou nas redes sociais mostra pichações na Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB), mais precisamente no Centro de Artes, Humanidades e Letras (CAHL) em Cachoeira, 110 km de Salvador.

Nas imagens, é possível ver escrito na parede “Jesus é uma bixa (sic) preta”. O homem responsável por fazer o registro diz ser o professor Max Willian e estar em excursão com os alunos para conhecer a universidade. Outra pichação mostrada pelo homem diz “O que move o mundo é r***, b**** e c*”.

Diversos comentários deixados na publicação no Facebook mostram pessoas indignadas com as expressões. “Ouço falar horrores dai, ninguém respeita ninguém, são uns verdadeiros vândalos e a maioria deles tem uma péssima aparência.Parece depósito de viciados e gays”, diz um dos comentários. A pichação deixou a comunidade evangélica revoltada. 

A assessoria da UFRB informou que as pichações são comuns no espaço e divulga notas contra essas intervenções no patrimônio público desde 2015. O órgão informou que é aberto à pluralidade e diversidade de opiniões, sendo palco de intervenções artísticas dos mais diversos tipos. “Inclusive o grupo evangélico Peniel é um dos que sempre usa o espaço, pregando cartazes de amor a Jesus e cantando louvores. Somos abertos a todos, somos uma universidade”, disse a UFRB.

Fonte: Aratu On

Compartilhe

Copyright © Recôncavo Notícias - Jornalismo com Profissionalismo
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com