Tite responde declaração de Trump sobre a Seleção: ‘Temos cinco títulos mundiais’

Na última entrevista coletiva antes da partida amistosa entre Brasil e El Salvador, o técnico Tite respondeu a uma brincadeira do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. O chefão americano fez referência à eliminação do Brasil na última Copa do Mundo da Rússia durante uma reunião com o presidente da Fifa, Gianni Infantino, na Casa Branca.

“Minha resposta para o Trump é que temos cinco títulos mundiais. Talvez historicamente ele possa se informar melhor”, disse exibindo a mão com os cinco dedos abertos.

Durante a visita do presidente da Fifa à Casa Branca para comemorar a eleição dos Estados Unidos, ao lado de México e Canadá para sediar a Copa do Mundo de 2026, a repórter Raquel Krahenbuhl, da GloboNews, queria fazer uma pergunta para Trump. Ele questionou de onde ela era que respondeu: “Do Brasil, nós temos a melhor seleção do mundo”. Trump rebateu: “Vocês tiveram alguns probleminhas recentemente”.

A Seleção Brasileira encara El Salvador nesta terça-feira (11), em Washington, às 21h30 no horário de Brasília. Tite apontou algumas modificações no time titular em relação à equipe que começou jogando na vitória sobre os Estados Unidos por 2 a 0, na última sexta (7). Saem Alisson, Fabinho, Thiago Silva, Filipe Luís, Fred e Firmino para as entradas de Neto, Militão, Dedé, Alex Sandro, Arthur e Richarlison. Com isso, o Brasil entrará em campo com Neto; Éder Militão, Marquinhos, Dedé e Alex Sandro; Casemiro; Douglas Costa, Arthur e Philippe Coutinho e Neymar; Richarlison.

Tite ainda disse que não vai utilizar Lucas Paquetá por muito tempo em função do primeiro jogo do confronto entre Flamengo e Corinthians pela semifinal da Copa do Brasil. Os dois times começam a briga pela vaga na final do torneio nesta quarta (12), no Maracanã.

“Paquetá também não vai jogar um tempo que possa interferir. Mas temos que jogar e produzir bem, qualquer que seja o adversário”, afirmou Tite.

O mesmo vai acontecer com o zagueiro Dedé, do Cruzeiro. O time mineiro encara o Palmeiras, também nesta quarta (12), pelo torneio nacional. Tite avisou que o atleta também não atuará por muito tempo no duelo com El Salvador.

“Quando eu era técnico de clube, sempre gostava que o técnico da Seleção tivesse um respeito para devolver em boas condições. Dedé não vai jogar o tempo todo”, explicou.

O comandante do time Canarinho ainda falou do corte de Fagner. O lateral corintiano havia sido convocado para os dois amistosos do Brasil, mas não se apresentou após lesão. No entanto, existe a possibilidade que entre em campo nesta quarta pela Copa do Brasil.

“Temos que ter muito cuidado com essas informações. Se trabalha muito em cima de projeções. Por vezes um atleta tem um período de recuperação diferente de outro. Não posso trazer atleta para se recuperar aqui. Eu sei dos profissionais que tem o Corinthians, da lisura, do caráter do Fagner. Mas a lesão inviabilizou sua convocação”, declarou.

Após o jogo contra El Salvador, o Brasil voltará ao campo em outubro. A CBF já anunciou os próximos adversários Arábia Saudita no dia 12 e Argentina no dia 16. As duas partidas serão disputadas na Arábia Saudita.

Fonte: Bahia Noticias

Compartilhe

Copyright © Recôncavo Notícias - Jornalismo com Profissionalismo