Noite sangrenta na cidade de Presidente Tancredo Neves; dois jovens morrem

“Tinha gente, sim, pedindo Justiça e foi de partir o coração em vê um pai em meio à multidão clamando justiça, muito triste. Mas tinha vândalos querendo destruir a cidade, insinuando colocar fogo em posto de gasolina, invadindo propriedades particulares de pessoas que também está com os corações partidos, que Deus conforte os pais desses meninos, uma dor que só quem passou sabe como é.” Disse uma moradora.

O dia desta sexta-feira, 29 de Setembro de 2017, está com o clima de suspense na cidade de Presidente Tancredo Neves, depois de acontecer a operação policial onde dois jovens acabaram mortos. Hoje, o que se viu na cidade foi vários carros queimados, um carro da Câmara de vereadores, carro da Embasa que prestava serviço pra Itabuna, dentre outros veículos, ao todo foram 05 carros queimados na BR 101.

Com a morte dos rapazes, a família queria uma explicação por parte da Polícia Militar, com isso centenas de pessoas foram até o hospital fazer o protesto, o clima ficou tenso, familiares dos jovens chegando chorando e pedindo uma justificativa, com a revolta dezenas de pessoas depredaram o portão da unidade hospitalar, em seguida saíram pelas ruas da cidade, quebrando bancos, caixa de lixo, placas de sinalização, e fechando a BR 101 por mais de 5 horas.

Segundo a polícia, no protesto existiam muitas pessoas envolvidas no crime e que estavam fazendo baderna nas ruas da cidade, trazendo transtorno, tirando a paz e a tranquilidade da população, a polícia disse ainda que muitas pessoas aproveitaram da dor da família, em nome de uma revolta, para praticar vandalismo na cidade, afirmou ainda que só não saquearam as lojas porque o reforço da polícia chegou, só conseguindo normalizar a situação e liberar a pista por volta de 2 horas da manhã.

A família assegura que o jovem não tem envolvimento no crime e diz que a polícia agiu de forma errada e despreparada.
Já a polícia disse que estava acontecendo um assalto na cidade e as características coincidiam, disse que os jovens baterem de frente com a guarnição ainda no Bairro do Japão, segundo eles, ao ver a polícia os adolescentes fizeram o retorno e correram, a polícia chegou a afirmar que houve disparos contra a guarnição por parte dos jovens e que a perícia irá mostrar.
O corpo do jovem Marcelo Santos será velado na residência onde morava, já Eduardo Alves  será velado no Sindicato dos Trabalhadores rurais de PTN.

Você leitor, o que acha da operação da polícia? deixe seu comentário.

Fonte: PTN News

Compartilhe

Copyright © Recôncavo Notícias - O site que tem a cara da Bahia